O próximo 15 de março, no Auditório Municipal de Vigo, recuperamos Labirinto azul (I). Poemário Vindel de Juan Eiras com a Orquestra Clássica de Vigo, dirigida por Manuel Martínez. Trata-se da minha segunda colaboração com esta orquestra, com a qual já interpretara o Te Deum de Charpentier. 

Esta obra, em cuja estreia já participara em 2014, programa-se com a intenção de despedir o Pergaminho Vindel da sua estadia no Museu do Mar de Vigo.

Mais informação e venda de billetes aqui.

Sigue-me: